Quitinete

Ontem, a equipe do Devorando, com seus cônjuges e agregados, devorou a Quitinete – pela primeira vez.

Para quem não conhece, a Quitinete é o empório da Mara Alcamim (dona do Universal e do Zuu) e lá você pode comprar pães, manteigas e doces oferecidos nos cardápios dos outros restaurantes. É a sacada genial de quem faz comida gostosa e tem clientes leais: você experimenta no jantar, se apaixona, e atravessa a rua para suprir a despensa.

O andar de baixo funciona como padaria/mercadinho e lá você encontra pães, frios, bebidas e guloseimas de aparência irresistível. Alguns produtos são nacionais, outros importados e outros produzidos pela própria Quitinete, como o frasquinho de pimenta e as manteigas especiais.

No andar de cima, funciona o restaurante, que é bastante intimista, mas com o pé direito baixo e fios elétricos mostra, capazes de transformar o meu “que lugar lindo” em “que lugar legal”.

Nosso pedido

Para entrada, pedimos um pão ciabata com manteiga de ervas e patê do dia e uma Tesourinha (ovos mexidos com bacon). Como prato principal, a Daiana pediu um sanduíche, a Ana pediu um espaguete e eu e o Victor aproveitamos a promoção de carnaval e escolhemos os pratos Axé e Samba. O Márcio, por sua vez, ficou de jejum por não encontrar, no cardápio de jantar, algo que realmente despertasse seu apetite.

A apresentação dos pratos estava linda. O pão e os ovos estavam extremamente gostosos e valeram o que custaram.

 

Pão Ciabata com Manteiga com Ervas e Patê do Dia

Ovos Mexidos com Bacon

O sanduíche, apesar de pequeno demais, estava muito bom, especialmente o hamburguer.

 

Sanduíche com Fritas

O prato da Ana (spaguetti com camarão e tomate) estava bom o bastante para motivar o seguinte comentário “Nossa, tinha tempo que eu não comia uma massa tão boa”.

 

Spaguetti com Camarão e Tomate

O prato do Victor (contrafilé com molho de ervas e arroz cremoso com parmesão) estava bom, apesar de ele ter achado salgado – eu achei delicioso. O Victor pediu que a carne viesse bem passada e seu pedido foi prontamente atendido.

 

Contrafilé com molho de ervas e arroz cremoso com parmesão

Quanto ao meu prato (spaguetti com frutos do mar e pesto de manjericão), ótimo!

 

Spaguetti com Frutos do Mar e Pesto de Manjericão

Para beber, pedimos água, refrigerante e uma garrafa de espumante. Apesar de eu ter achado o espumante ok, a Ana e o Victor não gostaram tanto assim.

 

Espumante da Quitinete

Quanto sobremesa, consenso: heaven. Provavelmente o melhor pudim que já experimentei na minha vida.

 

Pudim da Quitinete

O atendimento foi lento, mas efetivo. O garçom foi simpático.

O único problema digno de nota foi o calor. O ar condicionado permaneceu desligado enquanto durou nosso jantar (mesmo a gente tendo pedido para ligar) e a sensação térmica estava extremamente desconfortável (especialmente despois de duas taças de espumante).

Já tinha lido várias reclamações sobre a comida e o serviço da Quitinete e, talvez por isso, saí de lá mais satisfeita do que esperava. Apesar do atendimento devagar-quase-parando e do calor insuportável, a experiência foi boa e eu voltaria lá – num outro festival.

Nossa conta

R$204,70
(R$40,94 por pessoa)

Onde fica?

Quitinete
CLS 209 bloco B loja 5
(61) 3242-0506 | 9272-4392
das 7 0h (quinta a domingo até 1h)

Já foi lá? O que achou?

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 6.0/10 (16 votes cast)
Quitinete, 6.0 out of 10 based on 16 ratings
  • Twitter
  • Facebook
  • RSS
  • email
  • PDF
  • Print

Textos relacionados

  • Ainda não há textos relacionados

8 comments to Quitinete

  • DaianaNo Gravatar

    O espumante me deu calor mesmo, depois ficou mais agradável. Meu sanduíche estava muito bom e, apesar de pequeno, me deixou mais que satisfeita (somando com o que eu roubei dos pães e ovos da Stella :D)

  • kátiaNo Gravatar

    huuuumm!!!
    fome!!!

    agora eu oficialmente entrei na “Dieta Nupcial”, como diz meu Noivo!!
    hehehehe

    a apenas 4 meses do casamento, vou ficar só com água na boca, avaliando os pratos só com o pensamento!!!
    heheeheh
    :)

  • MarcioNo Gravatar

    Além do calor o atendimento foi muito devagar, até para pagar. No cardápio a única coisa que me interessou só era vendida até um certo horário.
    Depois até pensei em pegar um sanduíche, mas quando chegou o sanduíche da Dayana fiquei feliz por não ter pedido (muito pequeno).
    Sinceramente… não voltarei.

  • Diogo AraújoNo Gravatar

    Melhor Empório de Brasília, não há nada que não agrade o paladar…

  • YasminNo Gravatar

    Bom, como domingo é dia de folga da dieta nupcial, eu e meu noivorido fomos ao Quitinete. Como sempre, ficamos satisfeitos com a comida, mas não sem passar por alguns contratempos… Pra começar, assim que sentamos, um garçom nos trouxe… a conta! Sim, isso mesmo. E como se não bastasse, minutos depois outro garçom nos trouxe… a conta! Again! E nós não havíamos ainda sequer conseguido o cardápio. Acho que algum cliente impaciente com o mau atendimento levantou e foi embora sem pagar o que devia. Quanto aos pratos, o noivorido optou pelo Samba e eu, pelo Frevo. O dele estava ok, eu só preferia que o risoto tivesse mais gosto de parmesão e menos de creme de leite. Quanto ao meu, estava um pouco salgado, mas mesmo assim muito gostoso. O que mais me irritou, na verdade, foi ter que separar os champignons, os quais eu não aguardava num risoto de picadinho. Nós já fomos mais felizes no Quitinete, e por isso provavelmente voltaremos lá. Só espero que da próxima vez tenham sido contratados alguns garçons a mais, pq ninguém merece um restaurante de uma das chefs mais bem sucedidas de Brasília economizando em um serviço tão essencial… E digo isso também pq na semana anterior fomos ao Universal(o melhor restaurante de Bsb, pra mim) e o atendimento tmb não foi 100%, pois precisávamos nos esforçar para sermos notados pelos garçons. #Ficaadica, Mara Alckamin!

  • Marcos SampaioNo Gravatar

    Conheço os 3 restaurantes e vos digo: vamos para outro lugar!!
    O quitinete tem um pessimo atendimento, sem contar que por 4 vezes notei queijo vencido sendo vendido nas gondolas. O universal é mais que um slow food, é parando food! atendimento pessimo e a comida nem tanto pelo que custa. O Zuu é bom!! O chef Petrarca é ruim. Muito mau educado por sinal.
    Mas eu recomendo o Belini. Emporio de primeira e de muita qualidade. A Mara ja era!

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© Devorando Brasília 2011 | por Stella Alves e Ana Paula Passos